O que é o ARA?

É um atlas de registros de ocorrência de aves brasileiras, que reúne também informações referentes à biologia das espécies e ações de conservação. Nosso objetivo é, além de facilitar o acesso à informação através da sistematização dos dados, conseguir a colaboração de observadores, pesquisadores para aumentarmos a base de conhecimento na área.

Novidades

A Oficina ocorrerá de 02 a 03 de outubro de 2017, em Tamandaré, Pernambuco. Serão convidados pesquisadores com experiência em aves limícolas, somando cerca de 15 especialistas.

Contudo, toda a comunidade científica e demais interessados podem contribuir com informações sobre as espécies por meio da ficha base da avaliação. As fichas estão disponíveis para edição e envio de contribuições através deste site.

O prazo para envio de contribuições é 31 de agosto de 2017.

Verifique aqui as espécies que serão avaliadas.

Publicado em: 10/07/2017

A Oficina ocorrerá de 25 a 29 de setembro de 2017, em Brasília-DF, onde deverão ser avaliadas 224 espécies de aves. Serão convidados pesquisadores com experiência na Amazônia, principalmente nas áreas dos centro de endemismo Belém, Xingu e Tapajós, somando cerca de 15 especialistas.

Contudo, toda a comunidade científica e demais interessados podem contribuir com informações sobre as espécies por meio da ficha base da avaliação. As fichas estão disponíveis para edição e envio de contribuições através deste site.

O prazo para envio de contribuições é 31 de agosto de 2017.

Verifique aqui as espécies que serão avaliadas.

Publicado em: 17/05/2017

O processo de avaliação de risco de extinção das espécies da fauna brasileira é contínuo e cíclico, ocorrendo em intervalos de cinco anos. Neste sentido, as Avaliações do Estado de Conservação das Aves Brasileiras, conduzidas pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação das Aves Silvestres (CEMAVE), estão iniciando seu segundo ciclo de avaliação.

A primeira Oficina de Avaliação do Estado de Conservação das Aves Brasileiras do segundo ciclo (2016-2020) foi a da Caatinga e abrangeu 58 espécies, incluindo aves endêmicas ao bioma.

A Oficina ocorreu de 21 a 23 de novembro de 2016, em Cabedelo, Paraíba. Foram convidados cerca de 20 pesquisadores com experiência na Caatinga. Contudo, toda a comunidade científica e demais interessados puderam contribuir com informações sobre as espécies por meio da ficha-base da avaliação.

O prazo para envio de contribuições para avaliação encerrou em 10 de novembro de 2016.

Agradecemos sua contribuição!

O ARA está em construção e algumas espécies ainda não possuem dados disponíveis. Verifique aqui quais espécies já tem informações em nosso site.

Registros fotográficos

Estatísticas gerais dos registros

  • Total: 314653
  • Total de fotos: 1618
  • Total de coleções: 171044
  • Total de vocalizações: 400
  • Total de literatura: 141085
  • Total de espécies: 1861
  • Total de sub-espécies: 1188
  • Total de UCs federais: 215

Espécies com mais registros

  • Ramphocelus carbo: 1317
  • Pitangus sulphuratus: 1276
  • Piaya cayana: 1214
  • Ceratopipra rubrocapilla: 1136
  • Tyrannus melancholicus: 1131

Espécies com registros em mais UC federais

  • Rupornis magnirostris: 114
  • Pitangus sulphuratus: 111
  • Tyrannus melancholicus: 111
  • Vanellus chilensis: 111
  • Troglodytes musculus: 108

UC federais com mais espécies

  • Floresta Nacional de Carajás: 588
  • Parque Nacional do Viruá: 502
  • Reserva Biológica do Jaru: 501
  • Parque Nacional do Jaú: 493
  • Área de Proteção Ambiental de Petrópolis: 476